Insatisfeitos da base do prefeito Panta podem somar 15 nomes à oposição em Santa Rita


Insatisfeitos da base do prefeito Panta podem somar 15 nomes à oposição em Santa Rita
Os vereadores que compõe a base aliada de sustentação do prefeito de Santa Rita-PB, Emerson Panta (PSDB), na Câmara de Santa Rita revelaram a reportagem do portal Paraíba Urgente, nos bastidores que dentro dos próximos dias pode haver uma debandada de uma vez por toda para a base de oposição do presidente Gustavo Santos, para o grupo que ficou conhecido como G11, podendo a ser formado por 15 vereadores após o período carnavalesco.

” A insatisfação é enorme até o momento o prefeito não cumpriu com nenhuma promessa de campanha com quem o apoiou e levantou a bandeira, quem tem valor é o povo de fora que não votou e tem prioridade na prefeitura”, disse um vereador indignado da base aliada do prefeito que não quis se identificar.

De acordo com os parlamentares insatisfeitos com o atual prefeito, o que vem causando esse mal estar é o próprio prefeito Emerson Panta, que só vem nomeando servidores de Campina Grande e da grande João Pessoa apontados por Ruy Carneiro, com cargos de secretários e assessoria em nível mais elevados que estão na gestão e que começarão a receber seus salários a partir de final de fevereiro, e para os aliados e correligionários de Santa Rita até agora só promessas e quando ele o prefeito começar a nomear os de casa só sobrarão cargo para o povo de Santa Rita no valor de um salário mínimo, desabafaram.

Revoltados e indignados com a postura do prefeito Emerson Panta (PSDB), que segundo eles os vereadores afirmaram que o único caminho que os restam de alternativa é a saída para oposição, de acordo ainda com os vereadores que compõe a minoria do prefeito é que desde que assumiu e iniciou os trabalhos na casa de Antonio Teixeira é que estão sendo fiscalizados pela própria gestão, é tanto que, ás três sessões realizadas no parlamento tem sido acompanhadas por procurador da prefeitura e um secretário de chefia de gabinete, “até o presente momento não foi votado nenhuma matéria interesse ou relevância da população, que após o período eleitoral o prefeito não se mostrou nenhum interesse em forma uma base sólida e fazer a mesa diretora da Câmara de Santa Rita, ele foi alertado, e hoje, com as dificuldades deixada pela gestão anterior está preocupado e a relação entre os poderes não é boa que até agora só saiu conversa e aperto de mão, e com seus aliados que estão a espera para honrar seus compromissos de campanha a prefeitura cheia de gente com o povo de fora com altos salários e quem levantou a bandeira estão de fora da gestão que não disse pra que veio, revelaram.

Contudo, os vereadores afirmaram ainda que o grupo que da sustentação a base do prefeito Panta sofreu uma baixa significativa do vereador petista Sebastião do PT, experiente e eloquente que por orientação de seu partido foi obrigado a se afastar do grupo devido o partido do golpe (PSDB). A base de sustentação do prefeito Panta era composta por 09 vereadores que na posse e formação da mesa perdemos um parlamentar, somando oito vereadores e agora com o afastamento do petista reduziu para sete (7), que nos próximos embates e matérias de interesse do prefeito será difícil contornar a situação, frisaram.




o cabare com Paraíba Urgente

0 comentários:

Postar um comentário